25/07/2016

Frutos da Semana Missionária começam a surgir em Varsóvia

Os frutos da Semana Missionária, que antecede a Jornada Mundial da Juventude, já começaram a surgir em Varsóvia, a capital polonesa.

Os frutos da Semana Missionária, que antecede a Jornada Mundial da Juventude, já começaram a surgir em Varsóvia, a capital polonesa. À medida que os dias passam, a cidade vai sendo envolvida pela presença dos jovens peregrinos que trazem a alegria de Deus. E os peregrinos vão sendo envolvidos pela presença de Deus em cada detalhe destes dias de missão. É uma experiência de enriquecimento mútuo: os poloneses são renovados na fé e os peregrinos são fortalecidos na fé na medida em que tocam o povo e a história do País. A Polônia é uma terra cheia de testemunhos de santos e beatos que semearam o amor de Deus através da oferta de suas vidas e que ainda hoje convidam os jovens a confiarem em Deus.

Os jovens da Comunidade Shalom viveram nesta semana que antecede o grande encontro mundial com o Papa experiências inesquecíveis que vão marcar sua juventude e futuro. O acolhimento das famílias polonesas, os encontros com outros peregrinos do mundo inteiro, a visitas aos museus, os louvores em várias línguas e as histórias dos santos e beatos do país vão produzindo no coração deles efeitos de santidade e misericórdia. É o que relatam com a vida e a palavra:

“Experiência forte e inesperada para mim foi a visita a uma igreja de um grande mártir conhecido como caçador de almas: o santo Andrea Bobola, que incansavelmente ofertou sua vida para testemunhar a fé católica. O seu martírio foi muito violento e ainda assim ele se manteve firme até o fim no testemunho da fé. Isso gerou em mim o desejo de ofertar mais e mais a minha vida a Deus na minha missão como Comunidade de Vida e celibatária. Desejei ser também uma incansável caçadora de almas, sair da minha comodidade e ir buscar os que não conhecem Jesus Cristo. O que vivi hoje renovou em mim o desejo de conversão e santidade.” Aline Pinheiro, missionária da Comunidade Shalom.

“A experiência da jornada tem sido única. Num sermão, o padre nos convidou a espalharmos a misericórdia no mundo. Quando cheguei ao parque, conheci um cadeirante chamado Iacob, de apelido Cuba. Chamou-me a atenção a dedicação e o esforço de sua mãe para fazer com que seu ‘menino’ estivesse no meio da ‘bagunça’. Sendo obediente ao Senhor, quis ser misericórdia para ele e para sua mãe, estando junto, conversando, empurrando a cadeira, porém mal sabia que a Misericórdia já tinha me alcançado primeiro. Cuba me olhou com um olhar que nenhuma pessoa ‘normal’ consegue ter! Cuba me olhou com o olhar da Misericórdia. Pude ver o próprio Cristo através de seu olhar. Obrigado, Senhor, pois Tua misericórdia me alcançou primeiro!”  Roberto Aguiar, jovem da Obra Shalom de São Paulo

Raquel Reis

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

(88) 9.9693-0101 Notoris - Agência Digital