07/03/2016

Em reunião ampliada, bispos do regional Sul 1 tratam do Ano Santo da Misericórdia

Evento contou com presença de bispos e lideranças diocesanas de pastorais

Evento contou com presença de bispos e lideranças diocesanas de pastorais

“O século XX terminou com sérios problemas e o novo século começou, e o que vemos são fatos ainda mais assustadores. Povos são obrigados a sair de seus países. Nunca se teve tanto alimento. Os grãos nascem, agora, em todos os meses do ano, mas nunca tivemos tanta gente passando fome. Tudo por causa da dureza dos corações. É a economia reinando em detrimento do social. Onde está a misericórdia?”, refletiu o bispo da diocese de Santo André (SP), dom Pedro Carlos Cipollini.

A temática sobre o “Ano da Misericórdia” foi apresentada, no dia 27 de fevereiro, durante reunião ampliada, com presença dos bispos da sub-região pastoral SPII (São Paulo), da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que integra as dioceses de Campo Limpo, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Osasco, Santo Amaro, Santo André, Santos e São Miguel Paulista.

Ano Santo

Na exposição, dom Cipollini falou da necessidade de se recuperar o significado da misericórdia. De acordo com o bispo é preciso repensar a importância da abordagem sobre a misericórdia . “Grande número de pensadores divulgam a tese de um mundo sem Deus. E muitas pessoas acabam aceitando estas ideias. Indagam que se existe Deus não deveria existir tanta maldade no mundo. Eles não se atem ao fato de São Paulo já ter respondido esta questão, ao explicar que onde o pecado é grande, veremos que a misericórdia de Deus é maior”, pontuou.

O presidente da sub-região pastoral SPII, dom Edmilson Amador Caetano, avaliou positivamente o encontro e as reflexões sobre o Ano da Misericórdia. A participação nos grupos de partilha foi muito boa. De fato, a misericórdia, não só como sentimento, mas ação da Igreja, torna-se um desafio em todos os setores da pastoral. Acredito que o encontro foi estimulante para a vivência deste ano e para a caracterização da nossa ação pastoral”, disse dom Edmilson.

Ainda de acordo com o bispo, falar da misericórdia em todos os ambientes é um desafio. “Vivemos na região metropolitana de São Paulo com toda a complexidade de situações. É uma imensidão. No entanto, penso, o que fará a diferença será a vivência da misericórdia em cada uma das nossas pequenas comunidades e realidades eclesiais”, explicou.

Da reuniãoparticiparam os bispos dom José Negri, dom Tarcísio Scaramussa, dom Luiz Antônio Guedes, dom Pedro Luiz Stringhini, dom Manuel Parrado Carral, dom João Bosco Barbosa de Souza, dom Ferrnando Antônio Figueiredo, dom Nelson Westrupp, dom Jacyr Francisco Braido, dom Emilio Pignoli, dom Fernando Legal, dom Ercilio Turco, além de padres coordenadores de pastoral e lideranças diocesanas.

CNBB com informações e foto do regional Sul 1.
0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

(88) 9.9693-0101 Notoris - Agência Digital