08/02/2017

A santa modéstia

por Ávilla Alves

Em um mundo onde ser modesto é um escândalo e fazer a vontade de Deus é loucura, devemos nos lembrar primeiramente da nossa vocação à santidade e do quanto Deus nos ama e quer o melhor para nós.

Falar em modéstia significa falar em pureza, recato, pudor, humildade, moderação; virtudes morais que devem ser cultivadas em todas as áreas da vida. Não se remete somente às roupas, mas ao olhar, falar e agir. Ela deve estar presente em todas as nossas atitudes do quotidiano, como o fato de não termos um olhar de julgamento com as pessoas e sermos amáveis. São Tomás de Aquino em sua Suma Teológica enumera quatro tipos de modéstia que são obrigatórias para todos: o movimento da mente em direção a alguma excelência, e este é moderado pela humildade; o desejo de coisas relativas ao conhecimento, e esta é moderada pelo estudo cauteloso que se opõe à curiosidade; os movimentos corporais e ações (incluindo palavras) requer que sejam feitas de forma conveniente e honesta  agindo de maneira séria  ou numa brincadeira; e a aparência exterior, por exemplo, vestir e coisas do gênero.

No nosso trabalho, faculdade, ciclo de amigos devemos praticar a modéstia. É necessário que tratemos todas as pessoas de forma amável e gentil sem deixar espaço para excessivas familiaridades com desconhecidos tendo como primeiramente o olhar. O modo de olhar já traz consigo implícito o respeito (ou a falta dele) que se pretende impor. Olhares muito fixos e profundos com pessoas que não fazem parte do nosso ciclo de amizade são perigosos, pois podem nos afastar do recato. Até mesmo as demasiadas manifestações físicas de carinho com nossos amigos precisam estar imbuídas dessa prudência.

Do mesmo modo podemos citar a língua. Quanta insensatez, quanta iniquidade já cometeram as nossas línguas! Um católico não pode tomar partido em conversas obscenas ou reproduzir aquilo que leu ou ouviu de cunho imodesto. O recato é uma virtude prática e não teórica, no sentido que temos a oportunidade de praticá-la todos os dias.

Outro ponto importantíssimo é o vestir, principalmente para as mulheres. As roupas de hoje além de não cobrir ressaltam  demasiadamente (com decotes, transparências, fendas e etc) partes do corpo feminino que deveria ficar ocultas, transformando a mulher em um mostruário o qual se vê e se tem o que quer sem a necessidade de compromisso algum. A mulher esconde sua alma quando mostra o seu corpo da mesma forma que revela sua alma quando o cobre.

Tais virtudes não podem ser definidas como exclusivamente femininas ou masculinas, pois devem ser observadas por ambos de forma compatível com sua própria natureza.

Para a mulher temos como exemplo Aquela escolhida por Deus para ser mãe do Seu Filho, a mulher por excelência, o nosso perfeitíssimo exemplo de modéstia, recato e Santa pureza. É necessário pensar em como Maria agiria frente a determinadas situações.  Tenhamos sua imagem interiorizada em nós, nos nossos gestos, olhares e palavras.

Tomando como exemplo São José, o castíssimo esposo de Maria, também os homens assim como as mulheres, devem seguir as regras do pudor, da castidade e do recato. A eles também são proibidos portanto  mostrar seus corpos em público de uma forma indecorosa ou de uma forma que pode produzir uma atração desordenada no sexo oposto.  O homem, assim como a mulher deve seguir as regras do pudor, da castidade e da higiene, e, além disso, deve ter sempre em mente o reto pensamento de qual é o seu papel e missão na Criação.

Em um mundo onde ser modesto é um escândalo e fazer a vontade de Deus é loucura, devemos nos lembrar primeiramente da nossa vocação à santidade e do quanto Deus nos ama e quer o melhor para nós. Busquemos fazer a vontade de Deus acima de qualquer julgamento e de qualquer olhar tendo Nossa Senhora e São José como modelo. Sejamos portanto aquilo que Deus quer.

Que Deus os abençoe e Maria os guarde!

Ávilla Alves

Postulante da dimensão de Aliança da Comunidade Mariana Boa Semente

Missão Cedro

2 Comentários
  1. Ricardo Santos disse:

    Muito bom.

  2. Sylvia Ferreira Miranda disse:

    Santas e sábias palavras. Que o Espírito Santo nos molde com as suas virtudes, tão necessárias a nossa salvação e nos conceda a perseverança na certeza da misericórdia de Deus.

Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital