07/08/2018

Papa Francisco envia nova carta a bispos do Chile

por Boa Semente

O Papa Francisco enviou uma carta no dia 5 de agosto na qual incentivou as conclusões contidas na “Declaração, Decisões e Compromissos dos Bispos da Conferência Episcopal do Chile”.

O Papa Francisco enviou uma carta no dia 5 de agosto na qual incentivou as conclusões contidas na “Declaração, Decisões e Compromissos dos Bispos da Conferência Episcopal do Chile”.

Este documento foi enviado ao Santo Padre em 3 de agosto e contém medidas que a Igreja local implementará para erradicar a “cultura do abuso e do encobrimento”.

“Fiquei impressionado pelo trabalho de reflexão, discernimento e decisões que fizeram. Que o Senhor retribua abundantemente este esforço comunitário e pastoral”, manifestou o Papa Francisco.

“As decisões são realistas e concretas. Estou certo de que ajudarão decididamente em todo este processo. Mas, o que mais me tocou é o exemplo de comunidade episcopal unida no pastoreio do santo povo fiel de Deus. Obrigado por este exemplo edificante… porque edifica a Igreja”, acrescentou.

Ao se despedir, o Santo Padre pediu orações por seu apostolado e disse que permanece a “disposição e os acompanho daqui”.

O presidente da CECh, Dom Santiago Silva, disse que as palavras do Santo Padre “nos confortam hoje e nos reanimam a continuar neste caminho de correção, de cura e reparação, de reencontro com nossa missão de Igreja Povo de Deus e com nosso olhar fixo no Senhor”.

As medidas foram elaboradas durante a 16ªAssembleia Plenária Extraordinária da CECh em conjunto com vigários pastorais, representantes de congregações religiosas, diáconos, leigos e funcionários do Episcopado.

O objetivo do encontro foi analisar as causas e raízes da atual situação que a Igreja no Chile vive, para, em seguida, definir alguns diretrizes serem implementadas nas dioceses do país.

Algumas das medidas anunciada pela CECh são a colaboração com as investigações que aconteçam na justiça penal e a publicação de toda investigação prévia sobre supostos abusos sexuais de menores.

Também há a criação do Departamento de Prevenção de Abusos, dependente do Conselho Nacional de Prevenção de Abusos, que terá faculdade de executar ações e receber as denúncias com os nomes dos sacerdotes sentenciados civil e canonicamente por abusos de menores.

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital