01/10/2014

Nas mãos do Pai

por Antônio de Pádua Costa de Almeida

Pela ação do Espírito, assemelhemo-nos a Cristo, em um total abandono no querer do Pai, lançando-nos na missão de testemunhar o Seu amor para todos, incondicionalmente, prioritariamente.

Não devemos questionar os desígnios de Deus para nossa vida, nem tentar nos justificar diante d’Ele, mas, reconhecermos a Sua soberania, certos de que Ele é a própria sabedoria. Cabe a nós, frente aos desafios para vivermos Sua santa e perfeita vontade, através da oração, recorrermos à Sua inabalável bondade. Pela ação do Espírito, assemelhemo-nos a Cristo, em um total abandono no querer do Pai, lançando-nos na missão de testemunhar o Seu amor para todos, incondicionalmente, prioritariamente.
Peçamos ao Senhor que fortaleça nosso coração, para que jamais imponhamos nenhuma condição para vivermos nossa missão. Contemos com o auxílio materno de Nossa Senhora e imitemos o seu exemplo de total entrega na vontade do Pai, sem nada questionar, dispostos a tudo aceitar, para que em nós, por obra do Seu Espírito, ela possa se encarnar.
Mesmo quando não compreendermos, acreditemos, com uma fé firme, que Deus sempre quer o melhor para nós. Portanto, tudo façamos para viver a Sua vontade, certos de que nela está a nossa felicidade, elegendo-a como nossa prioridade, numa dedicada missionariedade, testemunhando que viver como Jesus, tudo ofertando pelo Pai, é a via única para a felicidade.
Que Deus lhe abençoe e Maria lhe guarde!

10354961_1504058476503621_3291127759739595250_n(Cf. Jó 9,1-12; Sl 87,10-15; Lc 9,57-62)
Compartilhe aqui seus comentários, os frutos da sua oração com a Palavra de Deus.

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital