30/09/2014

Firmes na tribulação

por Antônio de Pádua Costa de Almeida

Nossa reta atitude frente às dificuldades é elevar nossa oração a Deus, confiando na Sua fidelidade.

Diante das tantas adversidades que enfrentamos nesta vida, seremos tentados ao abatimento e à murmuração, muitas vezes não entendendo o mistério do consequente e necessário sofrimento pela nossa adesão a Cristo, no combate ao Mal, na promoção do bem. Nossa reta atitude frente às dificuldades é elevar nossa oração a Deus, confiando na Sua fidelidade. Como Jesus, decidamos pelo cumprimento da vontade do Pai em nós, custe o que custar, jamais permitindo que a revolta para com Ele ou com os irmãos domine nosso coração.
Oremos, suplicando ao Senhor que nos fortaleça, para que, pelo sofrer, não venhamos a esmorecer, nem a nos aborrecer. Peçamos um coração cheio de esperança, de plena confiança no amor do Pai. Invoquemos a intercessão de Nossa Senhora, imitando o seu modelo de perseverança na batalha contra o Mal, sem desistirmos de encarnar e propagar a bondade com nossas vidas unidas a de Jesus, pelo Espírito, crendo que em nós todas as promessas generosas do Pai serão cumpridas.
É pela provação que nos unimos a Jesus na Sua paixão e amaduremos para a missão. Portanto, no sofrimento, recorramos confiantes ao Senhor e Ele nos fortalecerá com Seu infinito amor.
Que Deus lhe abençoe e Maria lhe guarde!

1525489_807898139237411_1557471582_n

(Cf. Jó 3,1-3.11-17.20-23; Sl 87,2-8; Lc 9,51-56)
Compartilhe aqui seus comentários, os frutos da sua oração com a Palavra de Deus.

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital