21/10/2015

Fidelidade do amor é tema da catequese do Papa

por Rádio Vaticano

Nesta quarta-feira, Francisco enfatizou que é preciso restituir a honra social à fidelidade do amor, o que está na base da família Jéssica Marçal Da Redação Na catequese desta quarta-feira, 21, o Papa Francisco falou sobre a fidelidade do amor. Ele disse que é preciso restituir a honra social dada a essa fidelidade, que está […]

Nesta quarta-feira, Francisco enfatizou que é preciso restituir a honra social à fidelidade do amor, o que está na base da família

Jéssica Marçal
Da Redação

Na catequese desta quarta-feira, 21, o Papa Francisco falou sobre a fidelidade do amor. Ele disse que é preciso restituir a honra social dada a essa fidelidade, que está na base da formação familiar.

A identidade da família, segundo o Papa, está fundada sobre a promessa de amor e fidelidade que homem e mulher fazem um ao outro. Essa promessa inclui, por exemplo, o acolhimento e educação dos filhos, bem como o cuidado para com os mais frágeis da família. “Uma família que se fecha em si mesma é como uma contradição, uma mortificação da promessa que a fez nascer e a faz viver”.

Hoje em dia, a honra dessa fidelidade à promessa de vida familiar está enfraquecida. Por um lado, pela busca da própria satisfação; por outro, porque se confia à lei os vínculos de vida e de relação do empenho pelo bem comum.

“A fidelidade é uma promessa de compromisso que se autorrealiza, crescendo na livre obediência à palavra dada. Falando em fidelidade, vem-me à mente aquilo que os nossos avós contavam: ‘naquele tempo, quando se fazia um acordo, bastava um aperto de mão, porque havia fidelidade à promessa’. E também isso, que é um fato social, tem origem na família, no aperto de mão do homem e da mulher para seguir adiante juntos, por toda a vida”.

O Santo Padre enfatizou ainda que a honra à palavra dada, a fidelidade à promessa não é algo que se possa comprar ou vender; não pode ser imposta pela força, mas também não pode ser mantida sem sacrifício. “Nenhuma outra escola pode ensinar a verdade do amor se a família não o faz. Nenhuma lei pode impor a beleza e a herança desse tesouro da dignidade humana se a relação pessoal entre amor e geração não a escreve na nossa carne”.

Francisco aproveitou a oportunidade para reiterar orações pelos padres sinodais que estão reunidos no Sínodo dos Bispos, refletindo sobre família. “Que o Senhor abençoe o trabalho deles, desenvolvido com fidelidade criativa, na confiança de que Ele, em primeiro lugar, é fiel às suas promessas”.

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital