24/09/2020

1° DIA DO TRÍDUO A SÃO VICENTE DE PAULO

por Boa Semente | Antônio Gomes | Consagrado na dimensão de Aliança

    1- SINAL DA CRUZ   2 – VINDE ESPÍRITO SANTO…   3 – INTENÇÕES (Pessoal e Comunitária)   4 – ORAÇÃO INICIAL   Oração a São Vicente de Paulo (atribuída a Santo Afonso de Ligório)   “Ó glorioso São Vicente, protetor de todas as obras de caridade e Pai de todos os desgraçados, […]

 

 

1- SINAL DA CRUZ

 

2 – VINDE ESPÍRITO SANTO…

 

3 – INTENÇÕES

(Pessoal e Comunitária)

 

4 – ORAÇÃO INICIAL

 

Oração a São Vicente de Paulo

(atribuída a Santo Afonso de Ligório)

 

“Ó glorioso São Vicente, protetor de todas as obras de caridade e Pai de todos os desgraçados, vós, que jamais na vossa vida abandonastes a nenhum dos que vos imploraram, considerai a multidão dos males que pesam sobre nós e vinde em nosso auxílio: alcançai do Senhor socorro para os pobres, alívio para os enfermos, consolação para os aflitos, proteção para os desamparados, caridade para os ricos, conversão para os sacerdotes, paz para a Igreja, tranquilidade para as nações, e para todos a salvação. Fazei que todos  experimentemos  os  efeitos  da  vossa caridosa  intercessão, e, assim socorridos  por  vós  nas misérias  desta  vida,  sejamos reunidos convosco no céu, onde não haverá nem tristeza, nem lágrimas, nem dores, mas somente gozo, dita e bem-aventurança eterna. Assim seja.”

 

5 – PALAVRA DO SANTO SOBRE O SERVIÇO AOS POBRES:

 

“… Com um amor renovado no serviço dos pobres, e busquemos também os mais abandonados, reconhecendo diante de Deus que eles são nossos amos e senhores e que somos indignos de lhes prestar nossos humildes serviços”. (SVP aos missionários – Pierre Coste XI,273)

 

6 – MEDITAÇÃO PESSOAL

 

7 – NOS PASSOS DE SÃO VICENTE

Santa Luiza de Marillac

Co-fundadora da Companhia das Filhas da Caridade

Beatificada em 9 de Maio de 1920 pelo Papa Bento XV

Canonizada em 11 de Março de 1934 pelo Papa Pio XI.

Dia litúrgico 09 de Maio

 

Luísa de Marillac nasceu no dia 12 de agosto de 1591. Em 1613, casou-se com Antonio Le Gras, com quem teve um filho. Em 4 de junho de 1623, dia de Pentecostes, a Luz de Deus a invadiu : ‘No mesmo instante meu espírito foi esclarecido’ escrevera Luísa, que compreendeu que um dia se consagraria a Deus com outras, mas sem viver num mosteiro.

Discípula de primeira ordem de São Vicente de Paula. Luísa de Marillac ficou viúva em 21 de dezembro de 1625 e após um convite de Vicente Paulo começou a visitar os pobres. Desviando seu olhar de si mesma para dirigi-lo aos que sofrem, ela reencontrou seu equilíbrio. Vicente de Paulo a envolveu com a obra das Confrarias da Caridade e fez dela sua colaboradora.

Em 29 de novembro de 1633, Luísa de Marillac fundou com Vicente de Paulo a Companhia das Filhas da Caridade. Ela assumiu a formação das Irmãs e a organização do trabalho e se consagrou totalmente a Deus pelos votos de pobreza, castidade, obediência e serviço dos pobres no dia 25 de março de 1642. A vida de Luísa como a de Vicente de Paulo foi orientada para os que sofrem: os doentes, os refugiados, as crianças abandonadas, os galerianos, os idosos e os que sofriam de doenças psíquicas.

Luísa de Marillac morreu em Paris, no dia 15 de março de 1660. Em seu testamento espiritual, ela insiste na fidelidade ao serviço dos pobres e na união comunitária.

No dia 10 de fevereiro de 1960, o Papa São João XXIII declarou Santa Luísa de Marillac padroeira das obras sociais cristãs.

 

8 – ORAÇÃO FINAL

 

(das Laudes, da memória própria de São Vicente de Paulo)

 

“Ó Deus, que, para socorro dos pobres e formação do clero, enriquecestes o presbítero São Vicente de Paulo com as virtudes apostólicas, fazei-nos, animados pelo mesmo espírito, amar o que ele amou e praticar o que ensinou. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.”

 

Pai Nosso…

Ave Maria…

Glória ao Pai…

 

São Vicente de Paulo, Pai da Caridade – Rogai por nós.

_______________________________________________________________________________________

Antônio Gomes

Consagrado na dimensão de Aliança da Comunidade Mariana Boa Semente

Missão Quixeramobim (Sede)

Fontes utilizadas:

– Obras Completas de São Vicente de Paula – Editora o Lutador

– Liturgia das Horas – Versão Online

– Wikipédia

– Bíblia Ave Maria – Versão Online

– Livro: Meditações, de Santo Afonso de Ligório – Tomo II

-www.filhasdacaridade.com.br

-www.cmbrasil.com.br

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital