Notícias

06/07/2018

Vaticano e Coreia do Sul se reúnem e defendem uma cultura de paz entre os jovens

O Secretário para as Relações com os Estados da Santa Sé, Dom Paul Richard Gallagher, teve uma reunião “muito cordial e denso de conteúdos” em Seul com o presidente da República da Coreia do Sul, Moon Jae-in.

O Secretário para as Relações com os Estados da Santa Sé, Dom Paul Richard Gallagher, teve uma reunião “muito cordial e denso de conteúdos” em Seul com o presidente da República da Coreia do Sul, Moon Jae-in.

A reunião faz parte do extenso trabalho diplomático do Vaticano e, segundo informou a Sala de Imprensa da Santa Sé, Dom Gallagher “a saudação, o apoio e a oração do Papa Francisco para o itinerário da paz e da reconciliação na península coreana”.

“Foi enfatizada a importância de relançar toda útil iniciativa humanitária, bem como a urgência de promover uma cultura de paz entre os jovens”.

Nos últimos meses, o Papa Francisco fez importantes chamados à paz às duas Coreias. Um exemplo foram as palavras que pronunciou sobre isso no final da Audiência Geral na Praça de São Pedro, em 25 de abril deste ano, por ocasião da cúpula entre as Coreias, que aconteceu dois dias depois na cidade de Panmunjeom e da qual participaram os líderes da Coreia do Norte e da Coreia do Sul.

“Este encontro será uma ocasião propícia para iniciar um diálogo transparente e um percurso concreto de reconciliação e de fraternidade, a fim de garantir a paz na península coreana e no mundo inteiro”.

“Ao povo coreano, que deseja ardentemente a paz, garanto a minha oração pessoal e a proximidade de toda a Igreja. A Santa Sé acompanha, apoia e encoraja toda iniciativa útil e sincera para construir um futuro melhor, no signo do encontro e da amizade entre os povos”, disse o Papa naquela ocasião.

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Confira as atualizações dos Blogs!
Notoris - Agência Digital