Notícias

05/04/2019

Terço mundial pela paz marca os 100 anos de falecimento de Francisco Marto

No marco do centenário de falecimento de São Francisco Marto, celebrado neste dia 4 de abril, a igreja onde o santo pastorinho foi batizado se transformou no centro de um terço mundial pela paz, que uniu em oração fiéis de cerca de 50 países pelos mais diversos meios de comunicação.

 No marco do centenário de falecimento de São Francisco Marto, celebrado neste dia 4 de abril, a igreja onde o santo pastorinho foi batizado se transformou no centro de um terço mundial pela paz, que uniu em oração fiéis de cerca de 50 países pelos mais diversos meios de comunicação.

O evento ‘Mater Fátima- para o mundo’ foi realizado na Paróquia de Fátima, em Portugal, às 20h desta quinta-feira (horário de Portugal), com transmissão ao vivo por diversas redes de televisão e rádio nos mais variados idiomas. Além disso, uniram-se à oração muitos santuários e igrejas em diferentes países, entre os quais o Santuário réplica da Capelinha das Aparições de Fátima, no Rio de Janeiro, Brasil.

“Por ocasião da celebração do centenário da morte de São Francisco Marto, através dos meios de comunicação social, unimo-nos em rede mundial de oração para responder ao apelo de Maria a que rezemos o Terço todos os dias. Fazemo-lo unidos ao Imaculado Coração de Maria”, iniciou o momento de oração Pe. José Baptista, Pároco do Souto da Carpalhosa e de Monte Real, na Diocese de Leiria-Fátima.

Assim, logo teve início a Adoração ao Santíssimo Sacramento e o sacerdote convidou os fiéis a adorar “o Senhor com as orações que o Anjo da Paz rezou com os Pastorinhos”, quando lhes apareceu em três ocasiões no ano de 1916.

Durante a Adoração, todos rezaram o Terço, meditando os mistérios luminosos. Em cada mistério, rezou-se por uma intenção específica e as orações foram conduzidas em diferentes idiomas.

No primeiro mistério, rezou-se pela paz no mundo, pelo Santo Padre e pelo fim do aborto; no segundo, em ato de reparação aos Corações de Jesus e Maria; no terceiro, pelas almas do Purgatório; no quarto, por todos os povos que vivem o sofrimento, com origem nos deliberados erros de Rússia e da ideologia de gênero; e no quinto, pela conversão dos pobres pecadores.

Após o Terço, foi feita a consagração ao Imaculado Coração de Maria, para “por Ela confiar-se totalmente nas mãos de Deus”.

O momento de oração, todo ele acompanhado pelo Coro Infantil ‘Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima’, foi encerrado com a bênção com o Santíssimo Sacramento, ministrada pelo pároco da Paróquia de Fátima, Pe. Rui Marto.

Ao final, Pe. José Baptista recordou que o ‘Mater Fátima’ também recordará o centenário de falecimento de Santa Jacinta Marto, em 20 de fevereiro de 2020.

“Foi com alegria que nos reunimos para este momento de oração. Despedimo-nos de todos os que nos acompanham através dos meios de comunicação social. Voltaremos, certamente, a encontrar-nos, no próximo ano, para a celebração do centenário da partida da Jacinta para o Céu”, concluiu ao som da conhecida canção ‘Ave Maria de Fátima’, entoada pelas crianças do coro.

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Confira as atualizações dos Blogs!
Notoris - Agência Digital