Notícias

04/09/2019

Papa Francisco partiu rumo a Moçambique, primeira escala de sua nova viagem à África

O Papa Francisco iniciou sua 31ª viagem apostólica internacional, que ocorrerá de 4 a 10 de setembro, na África, quando visitará os países de Moçambique, Madagascar e Maurício.

O Papa Francisco iniciou sua 31ª viagem apostólica internacional, que ocorrerá de 4 a 10 de setembro, na África, quando visitará os países de Moçambique, Madagascar e Maurício.

O avião que leva o Santo Padre, junto com a comitiva papal e os jornalistas que o acompanham, decolou nesta quarta-feira, 4 de setembro, às 8h06 (horário de Roma), do aeroporto Fiumicino, da capital italiana.

A duração do voo será de dez horas e meia e percorrerá 7.836 quilômetros. Como é tradição, a companhia que o leva de Roma é a Alitalia e o horário previsto para o pouso é às 18h30 (horário local).

A primeira etapa da viagem será Maputo (capital de Moçambique), um país que São João Paulo II visitou em 1988.

Na manhã de hoje, o Papa Francisco pediu orações por esta nova visita apostólica à África através de sua conta oficial no Twitter @Pontifex_pt.

“Convido todos a unirem-se à minha oração para que Deus, Pai de todos, consolide em toda a África, a reconciliação fraterna, única esperança para uma paz sólida e duradoura”, escreveu o Papa.

Antes de partir para o aeroporto, o Papa Francisco cumprimentou, na Casa Santa Marta, um grupo de 12 pessoas de Moçambique, Madagascar e Maurício, que foram acompanhadas pelo Esmoleiro Pontifício, Cardeal Konrad Krajewski.

Cerimônia de boas-vindas

A atividade prevista do Papa no primeiro dia de sua viagem será participar da cerimônia de boas-vindas que ocorrerá no próprio aeroporto de Maputo após chegada do Santo Padre, onde será recebido pelo presidente da República de Moçambique com sua esposa e duas crianças vestidas com trajes tradicionais que oferecerão flores ao Papa.

Nesta cerimônia não está previsto nenhum discurso, mas espera-se a participação de um pequeno grupo de fiéis.

Depois de ouvir os hinos e ver as honras militares, será realizada a breve apresentação das delegações e o Papa Francisco cumprimentará os bispos de Moçambique.

Posteriormente, Francisco subirá ao papamóvel e percorrerá 7 km até a Nunciatura Apostólica, onde será recebido por um grupo de jovens e pela equipe religiosa da representação pontifícia para jantar em privado e dormir.

Primeiras atividades em Moçambique

No dia seguinte, o Santo Padre celebrará a Missa em privado na Nunciatura Apostólica e fará uma visita de cortesia ao presidente no Palácio de Ponta Vermelha.

Ao concluir, o Papa assinará o livro de honra e participará de uma reunião com as autoridades, a sociedade civil e o Corpo Diplomático para pronunciar o seu primeiro discurso.

Em seguida, o Pontífice participará de um encontro inter-religioso com os jovens no Pavilhão Esportivo de Maxaquene, almoçará na Nunciatura e, à tarde, se encontrará com bispos, sacerdotes, religiosos e religiosas, consagrados, seminaristas, catequistas e animadores na Catedral da Imaculada Conceição.

Por fim, o Pontífice fará uma visita privada a Casa Mateus 25, um centro de acolhida de jovens e crianças de rua em Maputo. E com essa atividade concluirá a agenda da quinta-feira, 5 de setembro.

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Confira as atualizações dos Blogs!
Notoris - Agência Digital