09/01/2015

Cardeal brasileiro destaca pontos centrais da vida consagrada

Dom Braz de Aviz comenta pontos nos quais a vida consagrada pode progredir, buscando sempre o objetivo da vida pautada no Evangelho

Dom Braz de Aviz comenta pontos nos quais a vida consagrada pode progredir, buscando sempre o objetivo da vida pautada no Evangelho

Jéssica Marçal, com colaboração de Danusa Rego
Da Redação

O ano de 2015 foi proclamado pelo Papa Francisco como o Ano da Vida Consagrada.  Ao longo desse período, o noticias.cancaonova.com trará uma série de reportagens especiais que contam um pouco dessa realidade da Igreja, mostrando sua importância e atuação na sociedade.

“O Papa Francisco sente muito de perto a vida consagrada e ele quer que ela vá na direção que o Evangelho pede (…) O Papa é muito concreto. Ele quer vida evangélica na vida consagrada”, afirma o Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica, Cardeal João Braz de Aviz.

Nessa primeira reportagem, o cardeal brasileiro comenta a vida consagrada à luz dodocumento Vita consecrata, exortação apostólica pós sinodal escrita pelo Papa João Paulo II em 1996. Fruto de uma assembleia do Sínodo dos Bispos, o documento retoma e aprofunda os ensinamentos do Concílio Vaticano II sobre a vida consagrada.

Dom Aviz explica que, de forma geral, são três os pedidos do Concílio aos consagrados: que eles sejam discípulos de Jesus; que voltem aos aspectos mais essenciais e profundos dos fundadores, de forma a seguir o carisma com fidelidade; e olhar para a cultura atual, porque é preciso que o carisma fale aos dias de hoje.

Outro aspecto importante que o documento papal traz à tona é a necessidade de fixar o olhar na Santíssima Trindade. “A Santíssima Trindade traz para nós aquilo que é o centro da vida do cristianismo: é o amor, Deus é amor e a Igreja também é amor”.

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital