Notícias

23/07/2020

Ajuda à Igreja que Sofre socorre paquistaneses atingidos pelos efeitos da pandemia

Além de cestas de alimentos, o projeto de apoio a Faisalabad relacionados à emergência COVID-19 também incluem a distribuição de equipamentos de proteção individual

Da Redação, com Ajuda à Igreja que Sofre

Faisalabad, na província de Punjab, é uma das três dioceses paquistanesas que se beneficiam de um programa de auxílio da Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) que atende mais de cinco mil famílias ameaçadas pelos efeitos da pandemia do coronavírus. No Paquistão, existem 270 mil infectados até o momento.

A AIS fornece ajuda alimentar a mais de 500 famílias da cidade que mais sofrem com os efeitos econômicos causados ​​pelo COVID-19. Embora algumas ONGs locais tenham se recusado a fornecer suprimentos de emergência a não-muçulmanos, os parceiros dos projetos da fundação pontifícia da AIS presentes na área distribuíram mais de 70% da ajuda aos cristãos, principalmente empregados em ofícios mais humildes e mal pagos.

As cestas de alimentos, em particular, representam apenas parte de uma série de projetos de apoio a Faisalabad relacionados à emergência COVID-19, que também incluem a distribuição de equipamentos de proteção individual para 46 padres e 100 catequistas da diocese. Essas ferramentas lhes permitiram servir, em condições seguras, aos fiéis em maior dificuldade devido à pandemia.

Os projetos também incluem um programa de bolsas para apoiar as crianças mais necessitadas de 20 escolas católicas diocesanas. A fundação também supervisionou uma campanha de conscientização por meio de estações de rádio locais, pôsteres e folhetos para quem não tem acesso à Internet.

A Caritas Pakistan Faisalabad colaborou com a fundação pontifícia para o projeto, e o secretário Executivo da Caritas local, Aneel Mushtaq, descreveu o efeito da iniciativa. “Esta contribuição que a AIS realizou, poupou muitas pessoas da fome. Muitos deles não tinham nada para pôr na mesa para alimentar suas famílias e estavam em uma situação verdadeiramente alarmante ».

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Confira as atualizações dos Blogs!
Notoris - Agência Digital