04/09/2014

A Comunidade Mariana Boa Semente esteve presente no Congresso Sul- Americano das Novas Comunidades promovido pela FRATER e sediado na Comunidade Doce Mãe de Deus

Este encontro aconteceu entre 29 e 31 de agosto, em João Pessoa, na Paraíba. O tema do encontro foi “Todas as gerações me proclamarão bem-aventurada”.

     A Comunidade Mariana Boa Semente esteve presente no Congresso Sul- Americano das Novas Comunidades promovido pela FRATER e sediado na Comunidade Doce Mãe de Deus, que na ocasião celebrou com grande alegria e fraternidade seus 25 anos de Fundação. Este encontro aconteceu entre 29 e 31 de agosto, em João Pessoa, na Paraíba. O tema do encontro foi “Todas as gerações me proclamarão bem-aventurada”. O Congresso iniciou na sexta feira, tendo como pregadora Kátia Roldi, coordenadora da RCC no Brasil. Sua pregação teve como temática: “… o Espírito Santo descerá sobre vocês, e dele receberão força para serem as minhas testemunhas”. (At 1,8)

  No sábado pela manhã, a pregação foi ministrada pelo Bispo Dom Alberto Taveira. Ele falou sobre o tema do Congresso e também sobre a consagração e a missão (Consagrados e Enviados). Dom Alberto nos lembrou que “ninguém está pronto”, precisamos perder tudo senão não fazemos como Nossa Senhora, pois só consegue se esvaziar quem escuta o Senhor e faz o que Ele quer e como Ele quer.

Percebemos que continuamente a lógica do evangelho é saber perder. Neste sentido, Dom Alberto também nos mostrou que é preciso recordar, fazer memória e agradecer. Não podemos viver de saudade, de passado e de “segurança”. E frisou o fato de que só entra no Paraíso quem é pobre, quem vive a oblação da própria liberdade e esse é o ato mais digno e mais bonito. Precisamos ter a presteza e a prontidão de Maria para que façamos revivê- la na oblação de nossa vontade. Se nossa vida não atrai os irmãos para Deus, é porque tem alguma coisa errada, pois se somos transparentes em Sua presença, revivemos Maria e Maria chama.

  Como Maria precisamos guardar as coisas e meditá-las no coração, essa é a experiência de Maria aos pés da Cruz, revivendo-a em nossas atitudes. No mesmo dia vivemos uma experiência simples e profunda de Adoração, reconhecendo e proclamando a majestade e a beleza do Senhor tal como nos narra o livro de Apocalipse. À tarde a pregação foi ministrada por Moysés (Fundador da Comunidade Shalom) e teve por tema: Carisma de fundação, um Dom para a humanidade. Ele exortou-nos a vivermos como Consagrados convocados a ser testemunhas da vitória de Cristo, sabendo que é na doação, que a vida consagrada se fortalece, como nos tem falado o papa Francisco. A tarde foi destinada a realização de Workshops sobre a organização da Fraternidade Católica e sua missão: Fidelidade ao Carisma; Como elaborar um projeto formativo; Famílias Consagradas e Jovens Evangelizadores. No workshop sobre os Jovens Evangelizadores, ouvimos o Padre Márcio (Com. Doce Mãe de Deus), que com simplicidade e dinamismo, abordou que a evangelização, precisa partir de um coração já evangelizado, pois só tem alegria de evangelizar quem foi evangelizado. E que pra isso acontecer a linguagem precisa ser explícita, nova, tem que ter convicção de vida, vestes novas e vida nova pra atrair a viver a novidade que Jesus tem pra Juventude. Falar de Cristo onde estiver, sem medo, isso é anunciar Jesus, isso é salvar vidas.

  O evangelizador de jovens, precisa tocar e se deixar tocar. Evangelizar Jovens é uma missão específica dentro da comunidade. Como jovem tem que ser ousado, isso só é possível se a vida do Evangelizador for autenticamente pra Deus. E nos deixou o questionamento: E aí onde estamos evangelizando hoje? O dia foi concluído com Missa celebrado por Dom Bernardino (Dom Dino). A noite foi marcada pelo show lançamento do Cd do Pe. José André-Em teus altares, festejando os 25 anos da Comunidade Doce Mãe de Deus. Contentamento e gratidão marcaram todo o Congresso, assim como também o show. O domingo foi iniciado com Adoração conduzida por Luzia Santiago (Cofundadora da Com. Canção Nova), seguida da pregação de Pino Scafuro (vice-coordenador da Catholic Fraternity), que nos falou da “Alegria do Evangelho” e nos mostrou que assim como os grandes artistas plásticos fazem com suas obras, precisamos exalar o perfume de Cristo em resposta à inspiração dEle recebida na forma do Carisma. Em seguida a palavra final de Gilberto Barbosa (Fundador da Com. Obra de Maria e atual presidente da Catholic Fraternity), Aluisio Nóbrega (Fundador da Com.

  Face de Cristo e Presidente da Regional Brasil da Catholic Fraternity) e Inaldo (Fundador da Com. Doce Mãe de Deus). O congresso foi concluído com a Santa Missa presidida por Dom Aldo Pagotto, a homilia foi marcada pela forma pedagógica, ungida e coerente com que se expressou. Foi ao encontro como pede o Papa Francisco, no meio do povo, olhando nos olhos, refletiu e ampliou o entendimento da Liturgia do dia, retomou o valor e o ensino que nos trazem as perdas e perseguições, citou Santo Inácio de Loyola, com a proposição de que existem três tipos de pessoas: Quem serve como fogo de palha e fica na superficialidade, quem se doa, mas querendo apresentar a si mesmo e não a Cristo e aquele que de fato se doa de verdade, oferecendo a própria vida em favor da salvação, escutando o Senhor quanto ao que Ele quer pra cada momento.

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital