Artigos

12/08/2020

TRÍDUO A SANTA DULCE DOS POBRES | 2º Dia A FELICIDADE

TRÍDUO A SANTA DULCE DOS POBRES   2° DIA 1 – SINAL DA CRUZ: Pelo sinal da Santa Cruz… 2 – INVOCAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO: Vinde Espírito Santo… 3 – INTENÇÕES: (Pessoais e comunitárias) 4 – ORAÇÃO INICIAL (oração própria da Santa –  Composta por Dom Geraldo Majela): “Senhor nosso Deus, lembrados de Vossa Filha, a […]

TRÍDUO A SANTA DULCE DOS POBRES

 

2° DIA

1 – SINAL DA CRUZ:

Pelo sinal da Santa Cruz…

2 – INVOCAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO: Vinde Espírito Santo…

3 – INTENÇÕES:

(Pessoais e comunitárias)

4 – ORAÇÃO INICIAL (oração própria da Santa –  Composta por Dom Geraldo Majela):

“Senhor nosso Deus, lembrados de Vossa Filha, a Santa Dulce dos Pobres, cujo coração ardia de amor por Vós e pelos irmãos, particularmente os pobres e excluídos, nós vos pedimos: dai-nos idêntico amor pelos necessitados; renovai nossa fé e nossa esperança e concedei-nos, a exemplo desta Vossa filha, viver como irmãos, buscando diariamente a santidade, para sermos autênticos discípulos missionários de Vosso Filho Jesus”. Amém!

5 – PALAVRAS DA SANTA:

A FELICIDADE

“A felicidade está em conseguirmos fazer das nossas vidas um ato perene de amor a Deus”.

6 – MEDITAÇÃO PESSOAL

7- FATOS SOBRE A SANTA: 

O 2° MILAGRE – PARA A CANONIZAÇÃO

O segundo milagre reconhecido pelo Vaticano e que levou à canonização pelo papa Francisco é a cura instantânea da cegueira de um homem de cerca de 50 anos. O paciente, o qual não teve o nome divulgado, conviveu com a cegueira durante 14 anos e voltou a enxergar de forma permanente desde 2014. A cura teria acontecido em um dia em que este paciente se encontrava com uma conjuntivite e com dores agudas nos olhos. Ao clamar por Irmã Dulce uma solução para o problema dele, foi, então, atendido, pois no dia seguinte ele teria voltado a enxergar. “Não tinha explicação. Era um paciente que estava cego e que de um dia para o outro volta a enxergar, sem explicação”, afirma Sandro Barral, médico das Obras Sociais Irmã Dulce e que foi perito inicial da causa. O paciente – que antes de ficar cego trabalhava na área de informática – caminhava com a ajuda de uma guia e tinha acabado de receber um cão-guia que havia sido treinado exclusivamente para acompanhá-lo no dia a dia. Antes de ser encaminhado para Roma, o caso foi analisado por oftalmologistas de Salvador e de São Paulo, que examinaram pessoalmente o paciente e não encontraram explicação para a cura. “Tem uma coisa que é ainda mais espetacular: os exames dele são de um paciente cego. Porque tem lesões pelas quais o paciente não deve enxergar. E ele enxerga”, afirmou Sandro Barral. O milagre foi avaliado por uma comissão de médicos em Roma, que também não encontrou explicação científica para o acontecimento. Na sequência, o caso foi analisado por uma comissão de teólogos e depois por uma comissão de cardeais.

Jornal: O Tempo – publicado no dia 19/10/2019 (Versão online)

8 – ORAÇÃO FINAL (oração das Laudes – próprio das Santas mulheres):

“Concedei-nos, Senhor, o dom de Vos conhecer e amar sobre todas as coisas, a exemplo da vossa serva Santa Dulce dos Pobres, para que, servindo-Vos com sinceridade de coração, possamos agradar-Vos com a nossa fé e as nossas obras. Por Nosso Senhor Jesus Cristo Vosso Filho na unidade do Espírito Santo. Amém!”

 

Santa Dulce dos Pobres, rogai por nós!

___________________________________________________________________

Antônio Gomes

Consagrado na dimensão de Aliança da Comunidade Mariana Boa Semente

Missão Quixeramobim (Sede)

 

Fontes utilizadas:

– Liturgia das Horas (Ed. Paulus)

– Jornal: https://redeexcelsior.com.br/noticias/

– Livro: PONTES, Irmã Dulce. Texto e pensamentos de vários manuscritos. Ed. Paulinas, 2011.

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Confira as atualizações dos Blogs!
Notoris - Agência Digital