05/08/2015

Papa: na confissão não encontramos juiz severo, mas o Pai misericordioso

por

O Papa Francisco recordou, neste domingo, após recitar a oração do Angelus, a recorrência do Perdão de Assis, que afirmou ser “um forte chamado a aproximar-se do Senhor no sacramento da Misericórdia e também da Comunhão”. Muitos têm medo de aproximar-se à Confissão ao esquecerem-se que lá “não encontramos um juiz severo, mas o Pai […]

O Papa Francisco recordou, neste domingo, após recitar a oração do Angelus, a recorrência do Perdão de Assis, que afirmou ser “um forte chamado a aproximar-se do Senhor no sacramento da Misericórdia e também da Comunhão”.

Muitos têm medo de aproximar-se à Confissão ao esquecerem-se que lá “não encontramos um juiz severo, mas o Pai imensamente misericordioso”, refletiu o Papa.

“É verdade que quando vamos ao confessionário, sentimos um pouco de vergonha”, prosseguiu Francisco ao dizer que “isto acontece com todos nós”.

“Devemos lembrar que também esta vergonha é uma graça que nos prepara ao abraço do Pai, que sempre perdoa e sempre perdoa tudo”, concluiu o Pontífice.

Fonte: Rádio Vaticano

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital