Artigos

07/05/2020

O Senhor continua a chamar: Celibato pelo Reino dos Céus

Passados os anos, sinto que, embora o convite permaneça, os que são chamados têm resistido em abraçar. Infelizmente, muitos, como o jovem rico, têm se encontrado com o Mestre, conversado com o Mestre, visto o olhar amoroso e misericordioso do Mestre, mas, ao Seu apelo, saem sem dar a sua resposta generosa, deixando um grande Tesouro. Apegados à esta vida passageira, perdem ou colocam em risco os bens eternos.

O Senhor continua a chamar: Celibato pelo Reino dos Céus

A voz de Jesus em resposta àqueles que lhe perguntaram: “Mestre, onde moras?” continua a ecoar e ultrapassa todos os tempos: “Vem e segue-me”.

O seu desejo é ainda hoje, como naquele tempo, encontrar aquela coragem ousada e generosa que deixava família, largava redes de pesca, abandonava mesa de impostos, para se lançar na aventura de caminhar com o Mestre. Aquele que faz arder o coração e abre a porta da Felicidade Plena.

Passados os anos, sinto que, embora o convite permaneça, os que são chamados têm resistido em abraçar. Infelizmente, muitos, como o jovem rico, têm se encontrado com o Mestre, conversado com o Mestre, visto o olhar amoroso e misericordioso do Mestre, mas, ao Seu apelo, saem sem dar a sua resposta generosa, deixando um grande Tesouro. Apegados à esta vida passageira, perdem ou colocam em risco os bens eternos.

O Senhor nos acompanha com Seu olhar de amor, respeita a nossa liberdade, Sua proposta é um convite e não uma imposição. Aquele que decide acompanhá-Lo se vislumbra em Suas maravilhas… nunca mais terá fome e nunca mais terá sede, rios de água viva brotarão do seu interior. Baseando-se na Palavra do Evangelho de São Mateus, quando o Senhor falava com seus discípulos a respeito do divórcio, casamento e celibato: “De fato, há eunucos que assim nasceram do ventre materno, há eunucos que foram feitos assim pelos homens, e há eunucos que se fizeram tais pelo Reino dos Céus “(Mt 19,12). Reforço o chamado do Senhor para que acolham no mais íntimo do coração e possam responder ao seu maravilhoso convite: “Vem e segue-me”. Não temas! Como se fará? O Espírito Santo descerá sobre ti e te conduzirá ao centro da Vontade do Senhor.

Eu abracei o seu convite há 14 anos, na realidade do Celibato Secular e posso testemunhar com imensa alegria, como diz um trecho das Moradas de Santa Teresa, assumindo-o na minha pessoa:

“A corça ferida encontrou a abundância das águas. Eu me deleito no tabernáculo de Deus. Como a pomba enviada por Noé, para ver se o dilúvio era findo, colho o ramo de oliveira, como sinal de que achei terra firme por entre as ondas e procelas deste mundo. Tudo isso Deus concede quando aproxima a alma de si e finalmente, dá-lhe o ósculo que a esposa tanto suplicava”.

Aproveito também para compartilhar um bilhetinho que escrevi a Jesus por ocasião do meu segundo aniversário de Celibato Secular: Meu Amado, quero te louvar e te bendizer pelo teu infinito Amor por mim e pela tua Misericórdia que me alcançou mesmo conhecendo a minha pequenez e profunda miséria. Ajuda-me, Senhor, a fazer da minha vida sempre um sinal alegre de Tua presença e que, mesmo diante das dificuldades, eu jamais deixe de confiar em Vós. Reconheço as dificuldades da renúncia, porém, Senhor, são muito maiores as consolações que recebo. Continuo caminhando com minhas fragilidades humanas, mas posso afirmar que a Tua graça nunca me deixou sozinha. Aparentemente, posso ter deixado muito, mas experimento todo dia a certeza de ter ganhado TUDO. Eu te amo, Jesus. Toda tua, Moniquinha. 07/05/2008

Maria Mônica Pereira

Celibatária secular (Consagrada na dimensão de Aliança) da Comunidade Mariana Boa Semente

Missão Quixeramobim (Sede)

1 Comentário
  1. Mayse Soaes de Almeida disse:

    Que linda vocação Moniquinha! Só tenho a agradecer e louvar a Deus pelo seu testemunho alegre e firme.Obrigada amada por toda partilha de seu coração generoso.Bendito seja Deus por tudo que realiza em vc.

Deixe o seu comentário!

Confira as atualizações dos Blogs!
Notoris - Agência Digital