Artigos

27/04/2019

O Louvor forjado no Fogo

Foram inseridos na fornalha ardente, tão ardente que consumiu os homens que os jogaram lá dentro. Porém, um milagre acontece: os jovens não são incinerados! Como assim? Não foram jogados com todas as suas roupas até para pegar fogo mais rápido? Foram sim. E por que não foram destruídos? Porque Deus não o quis!

     Nestes dias, a liturgia da Igreja nos apresenta a história daqueles três jovens, Sidrac, Misac e Abdênago que decidiram não se curvar perante a ordem de Nabucodonosor, rei da Babilônia, de adorar a estátua de ouro erigida pelo mesmo. A consequência foi a pena de morte, decisão cheia de ódio tomada pelo rei, que pediu para aquecer a fornalha sete vezes mais. Foram jogados às chamas, mas antes disso Nabucodonosor os interrogou: “qual é o deus que poderia livrar-vos de minha mão?”

Os jovens o respondem com enorme coragem, convicção e fé: “Se assim deve ser, o Deus a quem nós servimos pode nos livrar da fornalha ardente e mesmo, ó rei, de tua mão. E mesmo que não o fizesse, saibas, ó rei, que nós não renderemos culto algum a teus deuses e que nós não adoraremos a estátua de ouro que erigiste”. Que coragem! O Espírito Santo estava com eles e por isso foram tão determinados em adorar o Deus Verdadeiro. Jesus fala em Sua Palavra (trecho presente nesta mesma liturgia que citei no início) que “a Verdade vos libertará”, e foi isso o que aconteceu com os 3 jovens.

Foram inseridos na fornalha ardente, tão ardente que consumiu os homens que os jogaram lá dentro. Porém, um milagre acontece: os jovens não são incinerados! Como assim? Não foram jogados com todas as suas roupas até para pegar fogo mais rápido? Foram sim. E por que não foram destruídos? Porque Deus não o quis!

Digo isto porque o Senhor desejava através daquele milagre convencer o coração daquele rei pagão que o Deus de Sidrac, Misac e Abdênago é o Deus Verdadeiro. Ele salva quem se refugia Nele. A muitos outros santos Deus permitiu que fossem consumidos pelas chamas como uma oferta de agradável odor que chega até Ele, um louvor entoado com a vida. Contudo, àqueles 3 jovens Deus enviou Seu anjo para os proteger e em meio às chamas eles resolveram louvar a Deus. Um louvor poderoso, composto no fogo, não somente o fogo como reação química, mas o fogo do Espírito Santo que os consumia por inteiro. Foi um verdadeiro Pentecostes! E Nabucodonosor, após tirá-los da fornalha, bendiz o Deus Verdadeiro reconhecendo: “não há outro deus capaz de realizar uma libertação assim!”

Neste mês de abril o Senhor nos mostra uma mulher chamada Elena Guerra, nascida no século XIX e que, inspirada por Ele, resolve ir ao Papa para pedir que a Igreja renovasse sua proximidade com o Espírito Santo. O Papa acolhe a voz de Deus e escreve dois importantes documentos e consagra o século XX ao Espírito Santo. Estamos no século XXI e temos um importante movimento da Igreja, a Renovação Carismática Católica, surgida após o Concílio Vaticano II no século XX e que leva a cultura de Pentecostes aonde passa. É chamada pelo Papa Francisco de “corrente de graça”. Acreditamos que Deus ouviu o clamor de Elena Guerra e da Igreja por um novo Pentecostes nos dando o Concílio como fruto desta consagração do século XX ao Espírito Santo e à RCC como fruto do Concílio, como disse São João Paulo II. O Senhor inspirou este movimento para, nos dias atuais, levar a Igreja a renovar sua experiência com a Pessoa do Espírito Santo, a reavivar e reafirmar a graça do nosso Batismo, sendo cristãos autênticos. Que o mesmo Espírito que incendiou aqueles 3 jovens venha hoje nos incendiar, de modo que todas as impurezas presentes em nossa vida sejam eliminadas e onde abundou o pecado superabunde a graça, como nos fala São Paulo em suas cartas.

Vem Espírito Santo! Este deve ser nosso clamor diário, de modo que à semelhança de Sidrac, Misac, Abdênago e Elena Guerra entoemos um louvor permanente forjado no fogo do Espírito Santo.

 

Gessé da Silva Cosmo

Consagrado na dimensão Aliança da Comunidade Mariana Boa Semente

Missão Pedra Branca

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Confira as atualizações dos Blogs!
Notoris - Agência Digital