28/11/2016

Nossa Senhora das Graças

por Tatiane Nogueira

“… Tanta simplicidade na grandeza confundia sua soberba…” Maria, nossa Mãe, apareceu três vezes à Catarina Laboure, freira das irmãs da Caridade de São Vicente de Paulo. Ao atender o ardente desejo de seu coração em vê- la, a Senhora profetizou alguns acontecimentos políticos/históricos na França e na Igreja Francesa que mais tarde se realizaram. […]

“… Tanta simplicidade na grandeza confundia sua soberba…” Maria, nossa Mãe, apareceu três vezes à Catarina Laboure, freira das irmãs da Caridade de São Vicente de Paulo. Ao atender o ardente desejo de seu coração em vê- la, a Senhora profetizou alguns acontecimentos políticos/históricos na França e na Igreja Francesa que mais tarde se realizaram. O pedido da Mãe à Sua filha foi que confiasse no que lhe falara e cunhasse uma medalha que lhe havia sido mostrada em sua aparição. Interessante aspecto a ser notado está no fato de que a irmã apenas falou a seu confessor do acontecido, como boa filha guardou tudo no coração, como aprendera com a Mãe. Por prudência e medo, ele tentou fazer com que ela esquecesse ou atribuísse à sua imaginação tudo o que viu e ouviu da Rainha Excelsa, ao longo de dois anos ele silenciou o assunto, embora ele mesmo tenha testemunhado o cumprimento do que fora dito. Catarina permaneceu obediente a seu confessor, fiel e discreta aguardou o tempo de Deus. Tempos depois as demais irmãs da Caridade, ao saberem ser ela a irmã escolhida pela Senhora, duvidavam ser ela visto sua postura. Sua superiora, ao saber, vai ao seu encontro. “Tanta simplicidade na grandeza confundia sua soberba “. Nossa Senhora veio à Catarina para que, através da medalha, nos voltássemos a seu colo de Mãe, para falar do que trazemos no coração, das tantas graças que Ela tem para nos dar e outras tantas que não recebemos porque não pedimos, como nos atesta isso Jesus na Palavra. Como filhos, nos coloquemos na íntima entrega a Ela, com nossas necessidades de cura e conversão… “Mãe, fazei que vos encontremos na simplicidade de cada dia, que vossas lágrimas pelas calamidades do mundo sensibilizem nosso coração endurecido pelo pecado. Que vossas mãos nos alcancem a graça de uma conversão sincera, contínua e fecunda. Ó Rainha Excelsa, defendei- nos, iluminai- nos, com a Luz do Vosso Filho que em ti brilha. Que a Cruz de vossa medalha brilhe sempre diante de meus olhos, suavize as penas da vida presente e me conduza à vida eterna”. Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós! Nossa Senhora das Graças, rogai por nós!
Tatiane Nogueira Leal Consagrada na dimensão de Aliança da Comunidade Mariana Boa Semente Missão Quixeramobim (Sede) Teóloga pela Unicatólica
Fim da conversa no bate-papo
0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital