Artigos

08/12/2014

Festa da Imaculada Conceição de Maria

A Festa da Imaculada Conceição de Maria,é celebrada a cada dia 08 de dezembro,porque foi declarada dogma,ou seja verdade de fé na qual se pode seguramente dar fé,pois no dia 08 de dezembro de 1854,foi assim declarado pelo Papa Pio IX.

A Festa da Imaculada Conceição de Maria,é celebrada a cada dia 08 de dezembro,porque foi declarada dogma,ou seja verdade de fé na qual se pode seguramente dar fé,pois no dia 08 de dezembro de 1854,foi assim declarado pelo Papa Pio IX.Foi declarado dogma nessa ocasião oficial,porém desde os primeiros seculos pairava esta verdade entre os cristãos,de modo a ser declarado,ensinado e rezado.

  Esse dogma trata de afirmar que Maria foi concebida sem pecado,e portanto no decorrer de sua vida não cometeu pecado algum,venial ou mortal.Ela segundo atesta a fiel doutrina,firmada na Palavra de Deus escrita,no Sagrado Magistério e na Sagrada Tradição,é em vista da missão para qual foi eleita,a toda pura,sem mancha,a plena da graça.Ela não apenas é agraciada,mas cheia,plena da graça.Se plena da graça,não há espaço a ser ocupado pelo pecado.
Há bons motivos para que Deus a faça Imaculada,ou seja,pura ,sem mancha.Os motivos que vamos citar encontram-se expressos no livros “As glórias de Maria” de S.Afonso de Ligório.
 Maria é a Filha de Deus Pai,a Mãe de Deus Filho e a Esposa do Espirito Santo,tal como rezamos no Oficio da Imaculada Conceição,que hoje de modo especial somos convidados a proclamar.
Convinha ao Pai Eterno isentar da culpa original a Maria.Ela é a Filha primogênita do Pai e junto a Ele tem participação na missão redentora,reparadora do mundo perdido e  por seu sim a graça,contrapõe o sim de Eva ao pecado primeiro.Maria é medianeira entre Deus e o homem e nessa missão a necessidade da preservação de Maria,toda do Pai,pois sempre e unicamente em toda sua relação com a Trindade lhe pertenceu unica e exclusivamente.
O Pai escolhe Maria e nessa mediação não convinha escolher pra vencer o pecado,uma pecadora,e pra participar do retorno a amizade com Deus,a alguém que lhe fora inimiga mesmo que momentaneamente.De qualquer forma Ele podia e quis então a fez sua amiga,imaculada.Assim também sua missão de vencedora da serpente infernal motivou que Deus a preservasse da culpa original.
“Senão por outro motivo,pois ao menos pela honra de seu Filho que é Deus,era necessário que o Pai Eterno a criasse pura de toda mancha” assim “Deus preparou o corpo e a alma da Santissima Virgem,para serem na terra digna habitação de seu unigênito”.Pois,”como é sabido a primeira glória para os filhos é nascer de pais nobres.A glória dos filhos(são) os seus pais(Prov 17,6)”.
Nos diz S.João Damasceno:”O Senhor a conservou tão pura no corpo e na alma,como realmente convinha àquela que iria conceber a Deus em seu seio.pois santo como Ele é,procura morar só entre os santos.Portanto,o Eterno Pai podia dizer a esta filha:Como o lírio entre espinhos,és tu,minha amiga,entre as filhas(Ct 2,2);Pois enquanto as outras foram manchadas pelo pecado,tu foste sempre imaculada e cheia de graça”.
Assim “a honra do Filho reclamava-lhe por Mãe,uma criatura imaculada,a dignidade do Filho exigia uma Mãe nos esplendores de sua santidade”.Maria foi portanto digna Mãe de Deus(honra e graça que celebramos no primeiro dia de cada ano).Fosse ela pecadora,”a ignomínia da Mãe passaria para o Filho,descendente de uma pecadora”.”O Altíssimo santificou seu tabernáculo,Deus está no meio dele(Sl 45,5)”.Preservando-a do pecado o Filho honra sua Mãe,tal como nos é ensinado no quarto mandamento que Ele assim o cumpre.
Sendo o Espírito Santo,o Esposo,Aquele que não só escolheria mas formaria sua esposa na eternidade,a modelou -a, e quis dar-lhe a mais  bela forma que a graça pode compor.
Enfim em Maria convinha uma santidade sem igual,pois é sem igual a intimidade dessa criatura com seu autor.Recordamos que embora se possa compreender e portanto a aderir a essa verdade,trata-se de uma realidade que vai além da natureza humana,por isso é o próprio Espirito Santo que nos leva a essa adesão mais conforme seu coração.Bela é a imagem que trata da plenitude de Deus em Maria,com a menção de uma luz (o Espírito Santor que gera Maria concebida sem pecado e a mantém imune a qualquer menção de pecado)que sem nenhuma ranhura atravessa o vidro e iluminado,faz refletir a luz recebida.
Que Maria Imaculada,nossa Mãe e modelo,testemunha fiel e alvo do mais pleno amor de Deus,interceda por nós pobres pecadores.Que a cada dia façamos a experiência de crescer na graça diante de Deus,para lhe sermos por graça e misericórdia,sua imagem e semelhança,refletindo na vida a beleza de um coração livre e decidido a espalhar a  liberdade que só quem sabe que é amado,pode transbordar.Deus deu-se todo em Maria por amor a cada um de nós.Que nosso coração acolha esse amor fiel que nos chama a Felicidade já agora e ainda mais na eternidade.Que Deus nos abençoe e Maria,a Imaculada Conceição,rogue a Deus por nós,pela pureza de nossas almas.
Tatiane Nogueira Leal
0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Confira as atualizações dos Blogs!
Notoris - Agência Digital