28/05/2017

Experiência com a Mãe do Céu: nossa acompanhante e advogada!

por Jaimara Lourenço

A Mãe do Céu hoje me faz compreender que nem tudo que pedimos vai se realizar e que mesmo os sofrimentos nos direcionam para o Senhor.

Falar de Maria é falar de amor, de um colo doce e aconchegante, aquele que te envolve e te carrega. Ao longo dos meus 24 anos de idade, ainda não havia parado para pensar que essa mãe que me escolheu, que por sua intercessão me trouxe a vida.

No dia 26 de setembro de 1992, no hospital de Senador Pompeu, minha mãe sofria as dores do meu parto. Diferente dos anteriores (de meus irmãos), ela não poderia dar à luz em casa, pois eu não estava em posição cefálica. Ao chegar ao hospital, sendo aquele um período político, só se encontrava uma enfermeira e um médico estagiário, sendo que o caso era um pouco complicado, pois minha mãe já tinha 47 anos e eu não me encontrava na melhor posição para nascer. Assim, só por uma cesárea seria possível o nascimento. Contudo, naquela ocasião em que minha mãe tanto sofria, o médico fala que iria fazer o parto normal esperando salvar uma das duas. Ele conseguiu me girar, mas eu fiquei em posição podálica, ou seja, ele tirou primeiro os pés, de modo que tive de ser levada ao balão de oxigênio, e lá fiquei por algumas horas. Nessa ocasião, minha mãe fez uma prece à Virgem Maria, consagrando-me a Ela ao chamar-me por Conceição e ao prometer me batizar em uma igreja dedicada à Imaculada Conceição, no dia dessa festa. Dessa forma, no dia 08/12/1992 eu nascia para Cristo, batizada e consagrada a Maria. Contudo, quando cresci, costumava dizer que não gostava desse nome, o achava feio, porque não entendia o tamanho de seu significado, apenas hoje, sabendo o seu sentido, sou feliz por saber que levo Maria em meu nome.

Ao longo da minha vida, não vivia o amor à Maria, possuía uma fé muito cultural, não tinha intimidade com Ela. Mas, na minha adolescência, meu pai bebia muito e, em várias ocasiões, era um pouco agressivo. Todas as vezes que isso acontecia, eu começava a rezar o terço e logo ele se acalmava. Então, fiz uma promessa com o propósito de rezar o terço todos os dias para que ele deixasse de beber. Sem saber, já era tomada por Aquela que me cercava com Seu amor materno! Rezei um ano, não fui atendida, rezei outro ano, continuei sem ser atendida e não entendia o porquê.

Em 2012, iniciava minha caminhada como RCC e começava a conhecer a Comunidade Mariana Boa Semente, da qual faço parte hoje. Sempre servi na Igreja e sempre quis ter uma intimidade com Cristo, mas não sabia como. Hoje percebo que fui todas as vezes tomada por Ela, que nunca caminhei só e que Ela me levou a conhecer Jesus. Em 2016, já membro da Comunidade, fui chamada a uma doação de vida missionária. Morei em duas missões, Fortaleza, onde tive a graça de participar das missas na capela de Nossa Senhora dos Navegantes, e Quixadá, onde morei, ao pé da letra, na casa da Mãe, Santuário de Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão. Nessa ocasião, Maria não apenas gerou o carisma Boa Semente em mim, mas me colocou em Seus braços para zelar por minha vocação. Sou sincera em falar que, mesmo assim, eu ainda não me sentia íntima da Mãe, achava que faltava algo, era como se eu recorresse a Ela, mas, na verdade, eu sempre me direcionava ao Senhor.

Eu sentia que Maria queria me falar algo que não conseguia entender, nunca compreendi, tive vontade de fazer a consagração, mas achava enfadonha. Foi na missão que eu pude ter meu encontro com Ela, fiz minha consagração pelo método de São Luís, no dia 13 de maio de 2016, na Capela de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, tendo como madrinha Nossa Senhora do Sorriso, pois Ela pedia que eu nunca perdesse a alegria em meios às dificuldades. A Mãe do Céu hoje me faz compreender que nem tudo que pedimos vai se realizar e que mesmo os sofrimentos nos direcionam para o Senhor.

Conceição Jaimara Lourenço Damasceno

Postulante na dimensão de Aliança da Comunidade Mariana Boa Semente

Coordenadora do Ministério de Intercessão na cidade de Quixeramobim

Missão Quixeramobim (Sede)

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital