28/06/2015

Diga “não” à Ideologia de Gênero

por Administrador Boa Semente

Saiba o que é “Ideologia de Gênero” e compreenda o risco que ela representa à sociedade se for implantada na educação do Brasil Alessandra Borges Da Redação Nesta semana o podcast da redaçãoentrevistou padre Demétrio Gomes, da Arquidiocese de Niterói (RJ), para explicar aos nossos internautas o significado do termo “Ideologia de Gênero”, que na […]

Saiba o que é “Ideologia de Gênero” e compreenda o risco que ela representa à sociedade se for implantada na educação do Brasil

Alessandra Borges
Da Redação

Nesta semana o podcast da redaçãoentrevistou padre Demétrio Gomes, da Arquidiocese de Niterói (RJ), para explicar aos nossos internautas o significado do termo “Ideologia de Gênero”, que na última semana foi pauta da mídia secular devido à votação dos Planos Municipais de Educação.

O Plano Nacional de Educação (PNE) aprovou, no dia 25 de junho de 2014, a Lei 13.005, responsável por definir os caminhos da educação no Brasil nos próximos dez anos. Após a aprovação da lei fica sob a responsabilidade dos governos municipais e estaduais a elaboração do próprio plano local de educação.

Entre os muitos tópicos abordados por este plano, está o perigo da implantação da referida ideologia [Ideologia de Gênero] na educação pública e privada. Confira a explicação do sacerdote sobre o assunto:

“Nós não podemos nos omitir, pois, desde 1995, na Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU), em Pequim, na China, o termo ‘gênero’ foi introduzido e a partir daí começou a ser empurrado ‘goela abaixo’ a diversos países. Aqui no Brasil é previsto pela Constituição Federal que exista um Plano Nacional de Educação, com duração de dez anos, com o objetivo de articular o Sistema Nacional de Educação em regime de colaboração. Enfim, para que todos os estados mantenham certo padrão naquilo que seriam as diretrizes da educação do país. Portanto, em 25 de junho do ano passado, o Congresso Nacional decretou e foi sancionada pela presidente da república uma lei que aprovava o novo PNE. E neste plano [PNE] tentou-se introduzir a chamada ‘Ideologia de Gênero’ e os deputados reprovaram em máxima [votação], graças à grande mobilização popular que se levantou e que democraticamente foi mostrar os seus interesses sobre o que a sociedade brasileira pensa de fato. E esta termologia ‘Ideologia de Gênero’ foi tirada da PNE.

O problema é que, de modo escondido, o Ministério da Educação está tentando agora empurrar – via Planos Municipais de Educação – esta mesma ideologia que foi vetada no Congresso dos Deputados, em cada município. E se nós não fizermos nada, isso vai ser introduzido em cada cidade; portanto, vai reger a educação dos nossos filhos e das nossas crianças nos próximos dez anos.

É necessário que todos nós nos levantemos e mostremos democraticamente aquilo que nós pensamos e defendamos a própria natureza humana. Não se trata aqui de (embora a vida seja defendida por católicos) defender interesses religiosos, pois não podemos impor a nossa fé a qualquer pessoa que seja”.

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital