02/02/2016

DIA DOS RELIGIOSOS

por Amabile Pinho postulante da Comunidade Mariana Boa Semente

DIA DOS RELIGIOSOS No dia 2 de Fevereiro de 2016 a Igreja celebra o encerramento do ano dedicado a Vida Consagrada, instituído pelo Santo Padre o Papa Francisco em Novembro de 2014, assim como comemoramos o Dia dos Religiosos, de homens e mulheres que, numa resposta de amor ao chamado de Deus, fizeram esta opção […]

DIA DOS RELIGIOSOS

No dia 2 de Fevereiro de 2016 a Igreja celebra o encerramento do ano dedicado a Vida Consagrada, instituído pelo Santo Padre o Papa Francisco em Novembro de 2014, assim como comemoramos o Dia dos Religiosos, de homens e mulheres que, numa resposta de amor ao chamado de Deus, fizeram esta opção radical de entrega de vida a uma congregação, instituto ou nova comunidade.

O religioso é um consagrado a Deus que é chamado a caminhar no caminho do amor, da caridade, da fé e da esperança como imitadores de Cristo, Nosso Senhor. Sua vida tem como “alicerce” o Evangelho e, como “argamassa” essencial na construção do Reino de Deus, a missão; que se concretiza no encontro contínuo com a pessoa de Jesus na Eucaristia, na oração, na vivência da Palavra, no testemunho, e principalmente na experiência de evangelização, de ir ao encontro do outro, especialmente os mais necessitados dando vida à Palavra de Deus em suas ações impelido pelo Espírito Santo.

“Que seja sempre verdade aquilo que eu disse uma vez: ‘Onde estão os religiosos, há alegria’”, é assim que o Papa Francisco define a missão de um consagrado em ser e fazer aquilo que Deus quer, encontrando Nele o sentido e a razão do existir, na realização de uma doação a Deus e aos irmãos. Dedicados para toda a vida a serem sinais da alegria, do amor de Deus, de uma Igreja viva, sendo profetas em nosso meio levando a presença do Cristo Ressuscitado em seus anúncios; da mesma forma vemos na fecundidade de suas atividades pastorais, nos movimentos, grupos de orações, nas ações sociais; e no despertar de novas vocações, o discipulado e a missionariedade de Jesus, indo a tantos lugares que ninguém deseja ir, sendo instrumentos do Senhor em situações que até mesmo a dignidade humana já não existe.

Na busca da vivência dos Conselhos Evangélicos; Castidade, Pobreza e Obediência; o religioso vive a liberdade do sim ao Pai, sem reservas, livre em despojar-se não só dos bens materiais, na busca da simplicidade e confiança na providência divina, como também de si mesmos na obediência total ao Pai, sem apegos, sendo todo e inteiramente de Deus; dessa forma encontram a força necessária para viver a sua consagração.

Deus em sua sabedoria e graça suscita ao longo dos tempos pessoas, sejam padres, freiras, “irmãos e irmãs” capazes de ouvir e responder o Seu chamado, assim como os grandes santos e santas o fizeram e alcançaram a vida eterna. Por isso a Igreja não só reconhece a importância como também precisa do Carisma do religioso. Ao olharmos para um religioso vemos, verdadeiramente, a pessoa de Cristo.

Que o Senhor possa fortalecer, revigorar e ser auxílio na vida de cada consagrado, religioso e religiosa e que a Virgem Maria Santíssima, Mãe de Deus e Nossa Mãe, seja o modelo e inspiração, e que o Espírito Santo os encoragem para não desanimarem frente às dificuldades, iluminando-os nessa árdua e gratificante missão de servir a Deus. Que nós leigos possamos louvar e agradecer ao Pai por esses que tanto fazem o bem quer seja nas paróquias, nos ensinamentos, quer seja nas ruas, nos mais simples gestos de bondade nestes tempos de falta de valores em que o mundo carece do amor verdadeiro.

Amabile Pinho postulante da Comunidade Mariana Boa Semente,atualmente mora na missão de Acopiara-Ce.

1 Comentário
  1. Jacira disse:

    Muito bom texto. Agradeço a Deus por valorizar a vida religiosa e observar que o mundo precisa de consagrados e consagradas para levar esperança lá onde a vida está ameaçada. Muito obrigada!

Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital