15/10/2016

Carta para Teresa!

por Moisés da Cruz¹, OCDS

Carta para Teresa! Moisés da Cruz¹, OCDS Querida mãe Teresa, de Ávila, mas também de Jesus, e porque é de Jesus estendestes sua Ávila ao mundo. Nós, seus filhos e amigos, celebramos seu dia, cheios de alegria e de reverência. Passou-se um ano desde que celebramos seus 500 anos! Tu és presença viva no nosso […]

Carta para Teresa!

Moisés da Cruz¹, OCDS

Querida mãe Teresa, de Ávila, mas também de Jesus, e porque é de Jesus estendestes sua Ávila ao mundo. Nós, seus filhos e amigos, celebramos seu dia, cheios de alegria e de reverência. Passou-se um ano desde que celebramos seus 500 anos! Tu és presença viva no nosso meio, no seio da Igreja e até mesmo em outras religiões que querem te escutar, mestra da oração, da vida espiritual, da vida mística.

Seus escritos nos contagiam, nos inflamam de amor ao seu e nosso Rei, Senhor e Esposo. Tu, como mãe, nos pega pela mão e nos mostra o “Caminho da Perfeição”, caminho este que tu passastes primeiro. Tua fala não é teoria, mas sim vida, vida vivida no desejo de buscar o Amado num belo “Castelo Interior”, onde a porta é o autoconhecimento. Palmo a palmo nos apresenta as Moradas que são progresso, lapidação para o feliz encontro.

Querida Teresa, celebrar seu dia é termos a certeza de um caminho seguro, de um porto seguro nesta nossa sociedade tão confusa: que brilhe seu grande desejo de fazer Jesus amado. Flecha-nos com o dardo com o qual fostes envolta de amor, fere-nos de desejo pelo amado de nossas almas, ó querida Teresa, neste mundo marcado pelas feridas do ateísmo, do aborto, do consumismo, da corrupção, sede para nós referencial, modelo, guia como foi para tantas outras Teresas: da Cruz, dos Andes, do Menino Jesus…

Nós, teus filhos e amigos, viemos, neste dia, trazer nossas inquietações e ouvir de teus lábios, “tudo passa, só Deus basta”, sim a “paciência tudo alcança”, paciência que é a arte de saber sofrer, sofrer as demoras de Deus, sofrer as nossas imperfeições. Neste ano jubilar, canta conosco as misericórdias do Senhor, sim, queremos, como tu, no final da vida, morrermos filhos da Igreja, queremos, como tu, por onde passarmos, inflamarmos aos outros com o amor real, concreto, pois, como tu mesma dissestes, “Obra quer o Senhor”.

Tu és um presente de Deus para a Igreja do seu tempo, tu és um presente de Deus para Igreja do nosso tempo, ajuda-nos a vivificar em nós o amor a Deus e à Igreja. Querida Teresa, neste dia que toda a Igreja celebra sua memória, nós, seus filhos e amigos, elevamos a Deus nosso louvor, em gratidão, no desejo que o Senhor complete em nós a obra começada e, assim completo o número dos eleitos, possamos, juntos, na Jerusalém celeste, cantar eternamente as glórias a nosso Deus.

¹ Membro da Ordem dos Carmelitas Descalços Seculares, coordenador da Escola de Formação Edith Stein, coordenador do Grupo Santa Teresinha, Alma missionaria – Quixadá – CE, professor universitário, casado.

1 Comentário
  1. Alânia Nogueira disse:

    “Nada te Pertube, só Deus não passará” Particularmente eu amo esta Santa, seus ensinos, tanta riqueza para nossa Igreja, acompanhada de seu amigo confessor, São João da Cruz, muita santidade pra uma amizade só! Tiro de seus inúmeros ensinamentos, a confiança e determinação em ser Igreja, e crendo no que é melhor pra ela! Vivaa santa Tereza de jesus!

Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital