05/05/2016

Amar a Deus pela vontade, não só com os sentimentos

por Monsenhor Jonas Abib

De onde emana o amor que temos por Deus? Pela firme decisão ou pelos sentimentos? Assim como Jesus foi até o fim com Sua missão, passando por dor, sofrimento e cruz, também trilharemos esses passos. Jesus ressuscitou, Ele foi vitorioso sobre os planos daqueles que queriam derrotá-Lo. Assim, nós também seremos vitoriosos. Amar a Deus […]

De onde emana o amor que temos por Deus? Pela firme decisão ou pelos sentimentos?

Assim como Jesus foi até o fim com Sua missão, passando por dor, sofrimento e cruz, também trilharemos esses passos.
Jesus ressuscitou, Ele foi vitorioso sobre os planos daqueles que queriam derrotá-Lo. Assim, nós também seremos vitoriosos.

Amar a Deus é algo muito concreto. Jesus foi até o fim, porque decidiu, não porque se sentia confortado e assistido. Assim também devemos ser, amarmos a Deus mais com a vontade do que com os sentimentos.

Precisamos levar a sério os preceitos do Senhor, guardar Seus mandamentos e colocá-los em prática.

“Quem me ama observa meus mandamentos.” O amor a Deus precisa ser concreto, Seus mandamentos precisam ser levados a sério.

O demônio tem poder sobre os que afastam o Senhor, de Seu coração e Sua vida.
Santa Terezinha proclamou: “O meu nome é vontade de Deus”. Sejamos assim também. Façamos a vontade d’Ele concretamente e assim O amaremos.

Seu irmão,
Monsenhor Jonas Abib

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital