Artigos

23/06/2020

3° TRÍDUO DE SÃO JOÃO BATISTA (Terça -feira – 23/06/20)

    1 – SINAL DA CRUZ 2 – ORAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO RESPIRA EM MIM. De Santo Agostinho “Ó Espírito Santo, para que todos os meus pensamentos possam ser santos. Agi em mim.   Ó Espírito Santo, para que meu trabalho também possa ser santo. Aproximai-vos do meu coração.   Ó Espírito Santo, para […]

 

 

1 – SINAL DA CRUZ

2 – ORAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO

RESPIRA EM MIM.

De Santo Agostinho

“Ó Espírito Santo,

para que todos os meus pensamentos

possam ser santos.

Agi em mim.

 

Ó Espírito Santo,

para que meu trabalho

também possa ser santo.

Aproximai-vos do meu coração.

 

Ó Espírito Santo,

para que eu só ame

o que for santo.

Fortalecei-me,

 

Ó Espírito Santo,

para que eu defenda

tudo o que for santo.

Guardai-me, pois,

 

Ó Espírito Santo,

para que eu sempre

possa ser santo”.

Amém.

 

3 – ORAÇÃO INICIAL

“Ó Deus, que suscitastes São João Batista, a fim de preparar para o Senhor um povo perfeito, concedei à vossa Igreja as alegrias espirituais e dirigi nossos passos no caminho da salvação e da paz. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém”.

 

4 – INTENÇÕES

(Comunitárias e pessoais)

 

5 – MEDITAÇÃO DOS SANTOS

 

Zacarias “pedindo uma tabuinha, escreveu nela as palavras: ‘João é o seu nome’ “(Lc 1,63).

De São Francisco de Sales – Carta ao Madre de Chantal.  24 de junho de 1611. XV, 74

“São João Batista:

‘João é o nome dele… O que essa criança vai ser?’ ( Lc 1, 57-80)

Tenho, minha filha, um grande sentimento de alegria por esse homem angelical ou por esse anjo humano cuja festa de nascimento celebramos hoje.

Eu o acho mais do que virgem, pois ele é virgem mesmo com os olhos, porque ele não os posou, exceto em objetos insensíveis do deserto.

Mais do que um confessor, pois ele confessou ao Salvador antes mesmo do Salvador confessar a si mesmo; mais do que um pregador, porque ele não apenas pregou com a língua mas mesmo com a mão e o dedo, que é a altura da perfeição.  Mais do que doutor, porque ele pregou sem ter ouvido a fonte da doutrina.  Mais que mártir, porque os outros Mártires morrem por quem morreu por eles, mas ele morre por quem ainda está vivo… Mais do que um evangelista, porque ele prega o Evangelho antes de ser evangelizado. Mais que um apóstolo, porque ele precede aquele a quem os apóstolos seguem.  Mais que profeta, porque aponta para aquele que os profetas predizem.  Mais do que patriarca, porque ele vê Aquele em quem eles acreditavam.  E mais que anjo e mais que homem, porque anjos eles são apenas espírito desencarnado e os homens têm muito corpo e muito pouco espiritual: ele é o único com um corpo e nada mais é do que espírito…

Nascido de uma mulher estéril, vive no deserto e prega a corações áridos e pedregosos.  E morre entre os mártires.  E no meio de todas essas arestas, ele mantém seu coração cheio de graça e bênçãos. E há algo muito digno de nota, e foi quando nosso Senhor disse que entre todos nascidos de uma mulher, ninguém era maior que João, acrescentou: ‘mas o menor no reino dos céus (isto é, na Igreja) é maior que ele’.  Quão verdadeiro é isso, minha querida minha filha! O cristão menor que comunica é mais digno que São João. Que explicação existe para sermos tão pequenos em santidade? “.

 

6 – MEDITAÇÃO

(Pessoal)

 

7 – IMPORTÂNCIA DE SÃO JOÃO BATISTA

 

Composto há mais de 1200 anos por um monge beneditino, o hino inspirou outro monge beneditino a batizar a escala musical

Os nomes das notas musicais, Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si, têm quase 1000 anos de idade e brotaram de uma fonte mais antiga ainda: eles vêm de um hino a São João Batista, composto há 1200 anos, no qual cada frase era cantada um grau acima na escala.

Os nomes das notas vêm da primeira sílaba de cada uma dessas frases, com apenas duas adaptações: o “ut” foi trocado por “dó” para facilitar o solfejo, enquanto o “si” é formado pelas iniciais de Sancte Iohannes (“ó São João”).

Eis o hino em latim, conhecido como “Ut queant laxis” ou “Hymnus in Iohannem“:

Ut queant laxis

Resonare fibris

Mira gestorum

Famuli tuorum

Solve polluti

Labii reatum

Sancte Iohannes.

Como a construção das frases em latim é diferente da habitual em português, apresentamos abaixo uma tradução que segue a ordem das palavras mais usual em nossa língua:

“Ó São João,

limpa a culpa do lábio impuro,

para que os servos possam

ressoar a pleno pulmão

as maravilhas dos teus feitos”.

 

Este hino foi composto no século VIII pelo monge beneditino Paulo Diácono, que também era historiador. Ele vivia na Lombardia, no norte da atual Itália, que ainda não era unificada. Já no século XI, outro monge beneditino recorreu a esse cântico para nomear os sons hoje tão conhecidos dessa escala: o também italiano Guido D’Arezzo.

Guido d’Arezzo, que era grande conhecedor da arte musical, regia o coro da catedral de Arezzo. Por ter sido o responsável pela nomeação das notas musicais, ele se tornou uma das figuras mais importantes da história da música (Aleteia).

 

8 – LADAINHA

 

Senhor, tende piedade de nós!

Cristo, tende piedade de nós!

Senhor, tende piedade de nós!

 

Jesus Cristo, ouvi – nos!

Jesus Cristo, atendei – nos!

 

Deus Pai, Todo Poderoso, tende piedade de nós!

Jesus Cristo, Filho Unigênito, tende piedade de nós!

Espírito Santo, Fonte de luz, tende piedade de nós!

 

São João Batista – Rogai por nós!

Nosso glorioso padroeiro – Rogai por nós!

Anunciado pelo anjo Gabriel – Rogai por nós!

Purificado do pecado – Rogai por nós!

Consagrado desde antes do nascimento – Rogai por nós!

Cujo nascimento foi causa de alegria – Rogai por nós!

Repleto do Espírito Santo – Rogai por nós!

Maior entre os nascidos de mulher – Rogai por nós!

Precursor do Salvador – Rogai por nós!

Preparador dos caminhos do Senhor – Rogai por nós!

Voz que clama no deserto – Rogai por nós!

Indicador do Cordeiro de Deus – Rogai por nós!

Profeta do Altíssimo – Rogai por nós!

Profeta das Nações – Rogai por nós!

 

Profeta da Justiça – Rogai por nós!

Eras mais que um profeta – Rogai por nós!

Testemunho da Luz – Rogai por nós!

Testemunho da Verdade – Rogai por nós!

Amante da penitência – Rogai por nós!

Indigno de desatar-lhe as sandálias – Rogai por nós!

Anunciador do batismo definitivo – Rogai por nós!

Batizador do próprio Autor do  batismo – Rogai por nós!

Defensor da família e do matrimônio – Rogai por nós!

Santo mártir da justiça e da verdade – Rogai por nós!

 

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos Senhor.

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, ouvi-nos Senhor.

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

 

Oremos:

Ó Deus, que suscitastes São João Batista, a fim de preparar para o Senhor um povo perfeito, concedei à vossa Igreja as alegrias espirituais e dirigi nossos passos no caminho da salvação e da paz. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Amém.

 

9 – ORAÇÃO FINAL

“Rendo graças a Deus por tamanhos favores dispensados a São João Batista; Alegra-te com ele, elege-o teu protetor especial, e toma a resolução de recorrer sempre a sua poderosa intercessão, a fim de que tu também seja digno das misericórdias divinas” (Santo Afonso Maria de Ligório).

São João Batista, rogai por nós.

Antônio Gomes

Formador (Consagrado na dimensão de Aliança) da Comunidade Mariana Boa Semente

Missão Quixeramobim (Sede)

 

—–

Fontes utilizadas:

– Liturgia da Missa (folheto) – versão online

– Liturgia das Horas – versão online

– Bíblia Ave Maria – versão online

– livro: Meditações, de Santo Afonso de Ligório – Tomo II.

– Livro: Obras completas de São Francisco de Sales

– Do Aleteia, dia 27/06/ 2018

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Confira as atualizações dos Blogs!
Notoris - Agência Digital