24/09/2020

3° DIA DA NOVENA A SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS

por Boa Semente | Antônio Gomes | Consagrado na dimensão de Aliança

    1 – SINAL DA CRUZ 2 – VINDE ESPÍRITO SANTO… 3 – INTENÇÕES: Pessoal e Comunitária 4 – ORAÇÃO INICIAL (das Laudes – Liturgia das Horas, própria da santa) “Ó Deus, que preparais o vosso Reino para os pequenos e humildes, dai-nos seguir confiantes o caminho de Santa Teresinha, para que, por sua […]

 

 

1 – SINAL DA CRUZ

2 – VINDE ESPÍRITO SANTO…

3 – INTENÇÕES:
Pessoal e Comunitária

4 – ORAÇÃO INICIAL
(das Laudes – Liturgia das Horas, própria da santa)

“Ó Deus, que preparais o vosso Reino para os pequenos e humildes, dai-nos seguir confiantes o caminho de Santa Teresinha, para que, por sua intercessão, nos seja revelada a vossa glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém

5 – PALAVRA DA SANTA SOBRE:

NA ARIDEZ E NO SOFRIMENTO

“Não tenhas receio de dizer a Jesus que O amas, mesmo sem sen­tir; é um meio de O forçar a vos socorrer, é vos ter como uma criancinha muito fraca para andar.”
(Santa Teresinha do Menino – Conselhos e Lembranças)

6 – MEDITAÇÃO PESSOAL (BREVE)

7 – SANTIFICANDO-SE NA PEQUENA VIA: (Não precisa ler, você pode contar com suas palavras).

BEATA ELIAS DE SÃO CLEMENTE
Virgem Carmelita Descalça

A Beata Elias de São Clemente teve uma ligação muito forte com Santa Teresinha, ambas vieram de famílias muito numerosas e profundamente católicas. Ambas viveram uma espiritualidade na simplicidade e no escondimento do claustro do Carmelo. Ambas viveram com alegria o seu sofrimento com almas vítimas e espiatorias. Ambas morreram muito jovens
Terceira filha do casal Giuseppe Fracasso e Pasqua Cianci, a Beata nasceu no dia 17 de Janeiro de 1901, em Bari (Itália), e foi batizada com o nome de Teodora.

A sua família mantinha-se graças ao trabalho do pai, mestre pintor e decorador de edifícios. Considerados excelentes cristãos, os pais de Teodora representavam para ela e para os seus quatro irmãos um seguro ponto de referência no seu crescimento humano e espiritual.

Quando tinha cerca de cinco anos de idade, Teodora afirmou ter visto em sonho uma linda “Senhora” que passeava num campo coberto de lírios floridos e em seguida desapareceu num feixe de luz. Depois da sua mãe lhe ter explicado o possível significado da visão, a criança prometeu que quando crescesse se tornaria monja. Além disso, na véspera da sua primeira Comunhão Santa Teresa do Menino Jesus lhe aparece em sonhos lhe predizia: “Serás monja como eu”.

Entrou na Associação da Beata Imelda Lambertini, Dominicana de acentuada piedade eucarística, e depois na “Milícia Angélica” de São Tomás de Aquino, reunindo-se periodicamente com as amigas para meditar e rezar, ler o Evangelho, a “Imitação de Cristo”, as vidas dos santos e em particular a autobiografia de Santa Teresinha, por quem tinha uma profunda admiração.

Em 1914 foi introduzida na Terceira Ordem Dominicana como noviça, com o nome de Inês, e fez a profissão no ano seguinte, depois de ter recebido uma dispensa especial, por causa da sua jovem idade. Ampliou infinitamente o seu campo de apostolado, de catequese e de assistência, dando livre espaço ao seu profundo desejo de fazer o bem ao próximo; contudo, o seu coração aspirava por uma vida de clausura.
Assim, sabiamente orientada pelo seu confessor, preparou-se com uma profunda espiritualidade para dar o novo passo e, em 1920, vestiu o hábito carmelita escolhendo o nome de Irmã Elias de São Clemente. No ano seguinte emitiu os votos simples seguindo, a exemplo de Santa Teresa do Menino Jesus, o “pequeno caminho da infância espiritual onde me sentia chamada pelo Senhor”. Fez a profissão solene em 1925.
Tão grande era a sua confiança em Santa Teresinha do Menino Jesus, que chegou a escrever para uma amiga que sofria com grandes tribulações :”A vida é um mar revolto. Não tema naufrágios. Na sua vela está escrito: ‘Confie!’. Você confiou os remos a uma poderosa irmãzinha, Santa Teresa do Menino Jesus! Tudo o que você precisa fazer é segurar a âncora de esperança e você será salvo. Ame o bom Deus à loucura e você não ficará desapontado! ”
No final de 1926 começa a sofrer uma dor de cabeça contínua e grave, a qual ela chamou de “irmãozinho” amado “Meu irmãozinho – escreve para o sacerdote que dirigia a sua alma – não me permite fazer longos discursos, muito menos ouvir. Como você vê, todas as coisas cooperam para me isolar cada vez mais de tudo e viver somente de Deus. Nada perturba a paz de minha alma. Tudo que eu preciso é uma alavanca para levantar-me a Ele. Não, Padre venerável, não me arrependo de ter consagrada uma vítima do Senhor.” Na verdade, era o começo de encefalite, que a levaria à morte. Sua doença foi quase despercebida, tratada como uma simples gripe. A Irmã Elias sofreu deste mal durante o ano inteiro e, na vigília de Natal, recebeu a visita de um médico, que só pôde constatar a irreversibilidade das suas condições de saúde (meningite e encefalite).

A nova Beata faleceu ao meio-dia de 25 de Dezembro, entrando no Céu como tinha previsto: “Morrerei num dia de festa”. A jovem Carmelita deixou em todos uma lembrança nostálgica, mas também um grande ensinamento: é necessário caminhar com alegria rumo ao Paraíso, porque este é o “Ponto Omega” de todo aquele que crê.

Foi beatificada em Roma, no dia 14 de março de 2006, pelo Papa Bento XVI.
Seu dia litúrgico é 29 de Maio

Beata Elias de são clemente roga por nós, para que cresçamos na pequena via e santificado nesta vida cheguemos ao céus. Para aí abraçar a ti e a Santa Teresinha do Menino Jesus e juntos cantarmos louvor ao nosso Deus Trino. Amém

ORAÇÃO DE SANTA TEREZINHA DO MENINO JESUS:

“Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, eu Vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de Vossa serva Santa Terezinha do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra e, pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente Vos peço (faça o pedido da graça que deseja) – se for conforme a Vossa Santíssima vontade e para salvação de minha alma. Ajudai minha fé e minha esperança, ó Santa Terezinha, cumprindo mais uma vez sua promessa de que ninguém Vos invocaria em vão, fazendo-me ganhar uma rosa, sinal de que alcançarei a graça pedida. “Reza-se em seguida 24 vezes: “Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, assim como era no princípio, agora e sempre, por todos os séculos e séculos, amém.”

24 X Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio agora e sempre, amém. Santa Terezinha do Menino Jesus, Rogai por nós!

8 – ORAÇÃO FINAL
(composta pela Beata Maria Pierina de Micheli)

“Lembrai-vos, ó Santa Teresinha do Menino Jesus, da promessa que fizestes de passar o vosso Céu, beneficiando a terra atendei à fé e confiança com que vos invocamos e não à nossa indignidade, e deixai cair a vosso chuva de rosas, sobre nós, sobre todos as nossas precisões, especialmente, sobre a que hoje vos apresentamos. (nomina-las em silêncio) Iluminai a nossa alma
para bem compreendermos e seguirmos a vossa Pequena Vereda que vos levou a tão grande santidade; inflamai nosso coração com aquele amor que no vosso ardia, a fim de que, a pós as lutas desta Vida possamos convosco ir gozar da eterna bem-aventurança. Amém.”

PAI NOSSO…
AVE MARIA…
GLÓRIA AO PAI…

SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS – Rogai por nós.


Antônio Gomes

Consagrado na dimensão de Aliança da Comunidade Mariana Boa Semente

Missão Quixeramobim (Sede)

Fontes utilizadas:

– Obras Completas de Santa Teresinha do Menino Jesus – Tradução (org.) da Ed. Paulus.
– Liturgia das Horas – Ed. Paulinas (versão online)

Site e blogs
consultados:

– Wikipedia
– www.fic.org.ar/pb/madre-pierina
– www.heroinasda cristandade. Org.

0 Comentários
Deixe o seu comentário!

Lojinha Boa Semente Faça seu Pedido: (88) 9 9772-3677

Notoris - Agência Digital